Carlos Teixeira

Carlos Teixeira

#2 por Lisboa

Olá, sou o Carlos Teixeira! Tenho 39 anos, sou de Lisboa e é nesta fantástica cidade que vivo.

Sou biólogo, Mestre em biologia da conservação (Universidade de Lisboa) e Doutor em duas áreas: ciências da terra e da vida (Universidade Livre de Amesterdão) e engenharia do ambiente (Instituto Superior Técnico). Actualmente, procuro dar o meu contributo, enquanto investigador para o futuro sustentável do nosso planeta. A minha grande prioridade é a conservação da biodiversidade e dos ecossistemas terrestres. Tenho feito também consultoria em projetos de avaliação ambiental e de melhoria da conduta ambiental das empresas.

Para além da academia, fui sempre um activista pelas causas ambientais, dos direitos dos animais e da cidadania participativa. Fi-lo a título pessoal ou através de organizações não-governamentais. Fui vice-presidente da Liga para a Protecção da Natureza (LPN), cumpri um mandato na comissão executiva do European Environmental Bureau (EEB), representei as ONG de ambiente nalgumas comissões públicas e fui membro pioneiro da rede ELEEP (Emerging Leaders in Environmental and Energy Policy), do Atlantic Council & Ecologic Institute.

Nestes últimos 15 anos participei na discussão e revisão de legislação diversa: nacional e europeia. Sempre de forma voluntária, procurei representar os interesses dos cidadãos junto de governantes (de Portugal e de outros países), de comissões parlamentares, das várias instituições europeias, de instituições internacionais como a OCDE e a UICN, e de alguns fóruns internacionais.

No LIVRE, tenho incentivado a Ecologia desde a fundação do partido e desde 2015 tenho tido o prazer de integrar o Grupo de Contacto. Fui candidato às Eleições Europeias (2014), Legislativas (2015) e Autárquicas (2017). Destas últimas resultou a oportunidade de, em colaboração com os nossos deputados municipais eleitos, participar também na Assembleia Municipal de Lisboa.

Considero que é urgente a eleição de um grupo parlamentar do LIVRE, na Assembleia da República! Este ano, 2019, deve marcar o início do que serão anos transformadores para Portugal, para a Europa e para o mundo.

O LIVRE depende exclusivamente dos donativos de apoiantes individuais.

Apoia-nos com o teu contributo:

CONTRIBUIR