Relatório do Dia Seguinte #5: Moção do LIVRE contra política ambiental do governo e Operação Integrada de Entrecampos

Relatório do Dia Seguinte #5: Moção do LIVRE contra política ambiental do governo e Operação Integrada de Entrecampos

Na 5ª feira, dia 17 de maio teve lugar a nossa primeira sessão pública “À Conversa com os Deputados Municipais” a propósito dos primeiros seis meses de mandato.

A conversa foi muito interessante e produtiva, com muitas propostas, ideias e sugestões.
Vamos repetir periodicamente o mesmo formato, para podermos ouvir diretamente os municípes e explicar o nosso trabalho. Fica atenta/o!


Entretanto, a passada terça-feira foi novamente dia de plenário da Assembleia Municipal de Lisboa. Foram diversos os assuntos discutidos. Sabe tudo de seguida.

23.ª Reunião da Assembleia Municipal de Lisboa

Nesta sessão foi debatida a Operação Integrada de Entrecampos.

Este projeto da Câmara Municipal de Lisboa vai permitir dar finalmente destino aos terrenos da antiga feira popular e reabilitar toda a zona.

Podes ver aqui a intervenção do Deputado Municipal Paulo Muacho, com a nossa apreciação do projeto.

 

 

Este projeto vai permitir criar mais de 700 novos fogos que ficarão afetos ao Programa Renda Acessível, trazendo mais de 2.000 novos habitantes para esta zona da cidade.

Vai permitir também a construção de edifícios de escritórios que criarão cerca de 15.000 empregos bem como mais de 2,5 hectares de novos espaços verdes na zona!

 

 

Podes saber mais sobre este projeto aqui e aqui.

 


Nesta reunião, também dedicada a Declarações Políticas, apresentámos dois documentos.
Um voto de pesar pelo falecimento do dramaturgo João Silva, fundador do Grupo de Teatro Terapêutico do Hospital Júlio de Matos. O voto foi aprovado por unanimidade. Podes ler o voto aqui.

Foi também apresentado um voto de pesar pelo falecimento de António Arnaut, o pai do SNS, pelo PS e BE ao qual nos associámos juntamente com os Cidadãos Por Lisboa. Também aqui prestamos homenagem a este grande homem, um dos heróis da nossa democracia.
O voto pode ser lido aqui. Foi aprovado por unanimidade com 1 minuto de aclamação.

 


Apresentámos também uma Moção “Por uma política Ambiental à altura dos desafios do nosso tempo”.
Na moção criticámos a política ambiental da geringonça e em especial à atuação do Ministro do Ambiente, que não tem estado à altura dos desafios ecológicos que se colocam ao país.
A moção foi aprovada por unanimidade, com exceção do primeiro ponto, que, inexplicavelmente, contou com a abstenção do Partido Comunista Português. Podes ler a moção aqui.

Também nesta reunião foi apreciada uma proposta de BE, PAN e PPM de referendo local sobre a gestão do Teatro Maria Matos. Apenas os seus proponentes votaram a favor, todos os restantes grupos municipais chumbaram a proposta.

Confere aqui o nosso sentido de voto nas propostas em discussão:

Petição

Retribuição Horária Mínima Garantida

Assine aqui a Petição