Naturalidade

Lamego

Local de Residência

São Miguel, Açores

Nacionalidade

Portuguesa

Profissão

Secretária

Apresentação Pessoal

Nasci em Lamego, onde vivi e cresci até entrar no ensino superior. Estudei em Leiria, trabalhei em Guimarães e moro nos Açores desde 2002, onde trabalho como Secretária num escritório de advogados. Fui professora numa escola profissional, consultora para PMEs e dei formação a activos, em contexto real de trabalho e pós laboral.
Sou membro do Grupo de Contacto e coordenadora do Grupo de Coordenação Local do Núcleo Territorial dos Açores. Fui candidata às Eleições Legislativas em 2015 pelo círculo dos Açores e integrei a lista à Câmara Municipal de Ponta Delgada, nas Eleições Autárquicas de 2017.
Estou no LIVRE e com o LIVRE desde o início, por ser o único partido cujos princípios são os de uma verdadeira esquerda democrática – uma esquerda europeísta, ecológica, que defende a liberdade, a igualdade, a participação, a transparência, a sustentabilidade.

Redes Sociais

Apresentação de candidatura

Esta legislatura, que está a terminar e em que tivemos um governo de esquerda, podia ter sido uma grande oportunidade para Portugal, mas não vai deixar nenhuma marca memorável. As reversões das políticas de austeridade foram apenas areia atirada para os olhos dos portugueses. PS, PCP e BE não souberam aproveitar o momento para se dar o salto para o desenvolvimento do futuro.
Quando houve algo parecido com políticas ambientais, estas foram catastróficas. O emprego criado é precário e baseado em salários baixos. O desenvolvimento económico é instável, dependente do sector do turismo, cuja procura pode acabar a qualquer momento. Não se percebe qual a estratégia para a Europa (ou até se percebe, mas não é nada construtiva, nem inovadora). As desigualdades socais continuam a aumentar, com um fosso entre ricos e pobres cada vez maior. Pouco ou nada foi feito para combater o racismo, a xenofobia e a política machista que imperam por todo o país, em todos os sectores da sociedade.
Com o LIVRE na Assembleia da República é possível fazer muito mais e muito melhor.
É possível termos empregos seguros e com salários dignos. É possível um desenvolvimento económico forte, baseado na sustentabilidade ambiental e no combate às alterações climáticas. É possível combater as desigualdades sociais, dando voz às minorias, redistribuindo a riqueza, promovendo a igualdade no acesso à justiça, à habitação, ao ensino, à saúde. É possível defender os direitos humanos, dentro e fora de Portugal.
É por saber que as deputadas e os deputados do LIVRE saberão como levar Portugal para o futuro, defendendo políticas sustentáveis, lutando contra todas as formas de injustiça e pugnando pelo nosso projecto europeu, que apresento a minha candidatura às primárias.

O LIVRE depende exclusivamente dos donativos de apoiantes individuais.

Apoia-nos com o teu contributo:

CONTRIBUIR