Naturalidade

Leiria

Local de Residência

Santa Maria da Feira

Nacionalidade

Portuguesa

Profissão

Técnico de desenvolvimento local

Apresentação Pessoal

Filipe Honório, 28 anos. Nasci, estudei e trabalhei em Leiria, encontrando-me agora a viver em Santa Maria da Feira e a trabalhar no concelho de Oliveira de Azeméis. Desde as iniciativas escolares desde o ensino secundário, que incluíram participações em jornadas europeias no Parlamento Europeu em Estrasburgo, envolvi -me mais ativamente naquilo que é a discussão pública. Em 2014 estive no congresso fundador do LIVRE e pela primeira vez aderi a um partido, com a certeza que era aqui o meu espaço ideológico.
Em 2012 licenciei-me em Gestão pelo Instituto Politécnico de Leiria, e em 2017 tornei-me mestre em Relações Internacionais pela Faculdade de Economia na Universidade de Coimbra. Já trabalhei nas áreas de consultoria, inovação a apoio ao desenvolvimento. Atualmente trabalho como técnico de desenvolvimento local, e participo em projetos culturais regionais. Envolvo-me na atividade política e cívica nas áreas do desenvolvimento económico, direitos cívicos e direitos dos trabalhadores.

Redes Sociais

Apresentação de candidatura

Estive desde sempre desperto para os problemas da sociedade e convicto de que podia, e devia, dar o contributo possível para criar soluções, defender causas e, acima de tudo, bater-me por aquilo em que acredito. Estou desde janeiro de 2014 com o LIVRE, por acreditar que este é uma oportunidade de mudar profundamente o modo de como se pensa a política e, mais importante, como se faz a política. Apenas fazendo podemos responder àquilo que são as necessidades sociais.
As minhas prioridades assentam em quatro eixos fundamentais às próximas eleições : defesa do trabalho, defesa de uma economia ambientalmente sustentável, defesa da democracia e defesa dos direitos humanos. Nos últimos anos foram concretizados avanços importantes para reverter a erosão da democracia e estado social portugueses. Agora é o momento de ir mais longe na defesa do trabalho, da educação e saúde públicas, do ambiente e recursos portugueses.
Avançar com as políticas que podem concretizar a dignidade no trabalho, o acesso à saúde pública para todos, a possibilidade de frequentar o ensino que cada português almeja, é mais urgente do que nunca. Só essas políticas podem, por fim, romper com o crónico atraso de desenvolvimento no nosso país.
O principal desafio das próximas eleições é a materialização das reformas que permitem que o Estado e a democracia respondam aos anseios dos portugueses. Garantir a defesa dos trabalhadores portugueses, a defesa da economia sustentável, a defesa das instituições democráticas e a defesa de todos aqueles que se encontram em posições mais frágeis na nossa sociedade. É tempo de colocar Portugal onde deve estar: na dianteira do desenvolvimento, e da defesa da grande coligação de trabalhadores, mulheres, comunidade LGBTQ+, ambientalistas e ecologistas. É por essa luta que quero representar o LIVRE.

O LIVRE depende exclusivamente dos donativos de apoiantes individuais.

Apoia-nos com o teu contributo:

CONTRIBUIR