Candidato por Setúbal

Naturalidade

Campo Maior

Local de Residência

Lisboa

Nacionalidade

Portuguesa

Profissão

Advogado

Apresentação Pessoal

Paulo Muacho (ele/ dele), 31 anos. Sou membro do LIVRE desde 2014. Tenho formação em direito e sou advogado de profissão. Neste momento, temporariamente, exerço as funções de assessor político do LIVRE.
Nasci no Alentejo, em Campo Maior e cresci na margem sul, no Seixal. Em 2014 e 2015 fui um dos membros que ajudou a fundar o Núcleo Territorial do Distrito de Setúbal, território ao qual continuo ligado por laços familiares e afetivos. Entre 2017 e 2021 fui deputado municipal na Assembleia Municipal de Lisboa onde tentei sempre nas minhas intervenções trazer a perspetiva metropolitana e regional para o debate e defender não só os interesses de quem vive em Lisboa mas também de quem aqui trabalha e para aqui se desloca diariamente.

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Instagram

Apresentação de candidatura

Candidato-me porque quero colaborar com os camaradas do distrito de Setúbal na afirmação do LIVRE neste território de enorme importância estratégia para o LIVRE e para o país. O distrito de Setúbal precisa de uma nova visão e uma nova ambição que apenas o LIVRE pode trazer.
Uma visão de si próprio à escala metropolitana e que permita aos vários municípios deixarem de ser meras dependências do centro da área metropolitana e criarem sinergias entre si e a ambição que permita ao distrito de Setúbal preparar-se para os desafios do futuro, preparando-se para uma economia altamente desenvolvida, assente em salários altos e serviços públicos de qualidade.
Para mim uma das prioridades deverá ser a bandeira da justiça ambiental e ecológica, tão importante no distrito de Setúbal, seja na luta contra o aeroporto do Montijo, em prol do equilíbrio ecológico do estuário do sado ou contra a construção em área protegida na costa vicentina. Mas será também fundamental não esquecer que, tal como sempre temos dito, não há justiça ambiental sem justiça social e o distrito de Setúbal é também um lugar de grandes desigualdades sociais, quer na luta pelo direito à habitação de que é exemplo o bairro da Jamaica, no Seixal, ou as lutas laborais por melhores condições de trabalho.
Acredito que o país e o distrito de Setúbal precisam do LIVRE na Assembleia da República a dar voz a todas estas lutas e estou confiante de estar preparado para o fazer em representação deste incrível coletivo e em prol da Liberdade, da Esquerda, da Europa e da Ecologia.

Campanha do Candidato