Naturalidade

Aveiro

Local de Residência

Aveiro

Nacionalidade

Portuguesa

Profissão

Professora

Apresentação Pessoal

Sou professora e considero que a política é assunto de cidadãos. Busco a coerência entre o meu pensamento e as minhas ações. Por isso, estou com o LIVRE. Um partido que faz dos princípios que defende para a sociedade a base da sua organização interna. Princípios que valorizo como a Igualdade, a Liberdade, a defesa do Ambiente, a Justiça.

Sou europeísta. Acredito no projeto cosmopolita que a UE nos proporciona, embora ainda haja muito a fazer para a tornar inteiramente democrática.

Penso que a Educação é o instrumento mais adequado para fomentar os valores da Democracia, proporcionando a todos os cidadãos a possibilidade de viverem, desde a infância, em grupos democráticos, com órgãos de gestão participada, regidos por princípios comuns e respeitadores do indivíduo, dessa forma contribuindo para a construção de uma cultura de paz e de participação cidadã.

Apresentação de candidatura

A UE mantém-se um dos projetos mais ousados no atual contexto político, apesar da sua fragilidade democrática. Porém, reside nos seus princípios a força que poderá fazer a diferença nestes tempos em que se vão afinando instrumentos de reforço de sectarismos e de sebastianismos. É por isso que me candidato ao Parlamento Europeu pelo LIVRE e pela Primavera Europeia. Porque com determinação é possível democratizar a UE, não só pela eleição dos que nos governam como pelo reforço de mecanismos que deem mais transparência à ação política. Porque juntos poderemos insistir em medidas ambientais, ajustadas às nossas reais necessidades, que permitam manter as condições de vida tal como a conhecemos. Porque juntos poderemos permitir a entrada na UE de todos quantos a procuram em situações de emergência e, simultaneamente, intervir de forma edificante nos espaços geopolíticos que tornaram insustentáveis as condições de vida de tanta gente. Porque juntos poderemos diminuir as desigualdades que se têm aprofundado entre nós nas últimas décadas, adotando políticas apoiadas numa ação educativa emancipadora de todos quantos frequentam a escola, seja qual for a idade, reforçando a identidade comum dos povos europeus e a singularidade de cada sujeito, consciente das suas aptidões e da responsabilidade de agir na sua comunidade. Porque juntos poderemos defender cada indivíduo das múltiplas fragilidades com que a nossa sociedade se depara, agindo com sentido de justiça, punindo quem as promove ou delas se aproveita. Juntos é a melhor maneira de prosseguir.

O LIVRE depende exclusivamente dos donativos de apoiantes individuais.

Apoia-nos com o teu contributo:

CONTRIBUIR