Naturalidade

Lisboa

Local de Residência

Lisboa

Nacionalidade

Português

Profissão

Historiador

Apresentação Pessoal

Nasci em 1972, em Lisboa, e passei parte da minha infância numa aldeia ribatejana onde tenho as minhas raízes. Sou historiador, escritor e fui deputado ao Parlamento Europeu entre 2009 e 2014. Estudei em Portugal e em França, onde fiz o doutoramento, e tenho investigado e lecionado nos EUA, em Itália e noutros países. Fui um dos fundadores do LIVRE e candidato pelo nosso partido às eleições europeias de 2014 e às legislativas de 2015. Sou membro do conselho da Primavera Europeia, de que o LIVRE é um dos membros fundadores, e participei no encontro “The Gathering”, de Bernie Sanders, no final de 2018 no Vermont, EUA, de onde saiu o apelo à formação de uma Internacional Progressista. No Parlamento Europeu fui autor de diversas moções e relatórios, sobretudo na área dos direitos humanos, incluindo um relatório pioneiro para o estabelecimento de um Programa Europeu de Reinstalação de Refugiados e o primeiro relatório a alertar para regressão na situação da Democracia, do Estado de Direito e dos Direitos Fundamentais na Hungria e na UE em geral. Após o mandato no Parlamento Europeu, tenho estado ativo no debate sobre a União Europeia e a política internacional, sendo membro de grupos de reflexão e seminários sobre estas temáticas nas universidades de Princeton e Columbia. Realizei em Lisboa, em 2018, as Conferências Ulisses sob o tema “Democracia Europeia: uma ideia cujo tempo chegou?”, o maior evento de debate sobre o futuro da União Europeia jamais realizado em Portugal. Sou primeiro proponente e coordenador do projeto de redação de uma Carta 2020 de Bens Públicos Europeus, juntamente com um grupo de pensadores e ativistas pela democratização do projeto europeu, que será apresentada oficialmente em Bruxelas no próximo mês de março.

Redes Sociais

https://twitter.com/ruitavares

https://www.facebook.com/ruitavarespt

http://ruitavares.net

https://www.instagram.com/ruitavarespt

Apresentação de candidatura

Candidato-me às primárias do LIVRE para as Europeias 2019 por razões simples. Quero ganhar para o LIVRE estas eleições europeias, ganhar para Portugal um espaço de representação de uma esquerda libertária, ecológica e cosmopolita, e ganhar para a Europa um mandato em defesa da democratização profunda do projeto europeu, da responsabilidade ambiental, da igualdade e da justiça social.

Estas razões são urgentes e necessárias num momento em que o projeto europeu está numa encruzilhada dramática e em que Portugal precisa de recuperar a visão estratégica de um futuro com altos níveis de desenvolvimento, mobilidade social, participação democrática e proteção do trabalho, das pessoas e do ambiente.

Pretendo voltar a ser um deputado que marque pela honestidade intelectual e pessoal, pela abrangência de interesses e áreas de trabalho, pelo respeito para com todos os concidadãos, pela defesa intransigente da universalidade e indivisibilidade dos direitos humanos, e pela acessibilidade e sentido cívico no exercício do mandato. Se eleito, desempenharei o mandato de acordo com estes princípios de sempre, mas de forma mais aberta e inovadora do que nunca. Criarei em Portugal uma representação permanente do gabinete do deputado aberta aos cidadãos, — uma possibilidade concedida pelo Parlamento Europeu, pouco ou mesmo nunca usada por parlamentares portugueses —, com um programa itinerante de atividades por todo o território nacional, especialmente atento ao interior e às ilhas. O plano de trabalho desta representação incluirá a realização de cursos de direitos e cidadania europeia, com uma dimensão e intensidade inéditas na história parlamentar portuguesa e europeia, com o objetivo de formar centenas ou milhares de concidadãos de todas as idades durante os cinco anos do mandato. Acredito firmemente que quanto mais informada e capacitada a cidadania para lutar pelos seus direitos, mais poder daremos às pessoas para construir democracia em todas as escalas — ao nível local, regional, nacional, europeu e global.

O meu objetivo é não apenas ser o melhor representante de sempre dos portugueses no Parlamento Europeu como devolver aos cidadãos o poder de intervir na política europeia como nunca nenhum deputado europeu o fez.

Vivemos tempos em que os nossos pesadelos — a regressão autoritária e anti-democrática em tantas partes do mundo, a desigualdade galopante num quadro de capitalismo desregrado, a crise ecológica que põe em risco a vida em todo o planeta — parecem andar mais depressa do que os nossos sonhos. A minha visão para o futuro é a de um novo contrato entre humanidade, natureza e tecnologia, baseado no potencial revolucionário dos direitos humanos, na necessidade urgente de um vasto plano de investimentos públicos para combater o aquecimento global e facilitar a transição ecológica, e no uso responsável e sábio da tecnologia para nos ajudar a emancipar da exploração e do extrativismo insustentáveis em que vivemos.

Nada é mais urgente hoje do que voltar a ganhar espaço para um futuro generoso e fraterno — em Portugal, na Europa e no mundo.

Petição

Retribuição Horária Mínima Garantida

Assine aqui a Petição