Reunião do Conselho e Apresentação da Lista Transnacional – 26 de abril

Reunião do Conselho e Apresentação da Lista Transnacional – 26 de abril

No próximo dia 26 de abril, o LIVRE recebe em Lisboa a segunda reunião entre os fundadores da primeira lista transnacional às eleições europeias de 2019, na Biblioteca de São Lázaro, em Lisboa.

Logo depois da reunião, às 19:00, na Casa do Alentejo, em Lisboa, organizamos uma sessão pública de apresentação da Lista Transnacional, com a presença de representantes de todos os participantes: LIVRE (Portugal), Alternativet(Dinamarca), Bündnis – DiEM25 (Alemanha), DeMA (Itália), DiEM25, Génération-s(França) e Razem (Polónia).

Nesta sessão pública serão apresentados os resultados da reunião do Conselho, onde se vão discutir assuntos como o nome da lista comum ou a relação com outros movimentos, partidos e listas às eleições de 2019. Será ainda votado um Código de Ética que os candidatos às eleições europeias deverão seguir. O grupo vai também continuar a discutir e a desenvolver o programa político comum, baseado nos pilares acordados na reunião fundadora em Nápoles, na qual o LIVRE participou.

A reunião conta ainda com a participação de observadores vindos de toda a Europa, como o Actúa, Barcelona en Comú, Die Linke, Partido Verde Europeu, Partido da Esquerda Europeia, e Transform!, entre outros.

Contamos com a vossa participação na apresentação deste movimento de libertação europeu, que trará à discussão política a verdadeira refundação da União Europeia que falta: mais democracia, transparência e sustentabilidade.

 

A União Europeia precisa de um 25 de abril: apelo aos progressistas para refundar a UE

No mês passado, em Nápoles, juntámos forças para competir nas eleições europeias de Maio de 2019, suportados por um Manifesto único, que traça um caminho claro para uma Europa democrática, ecológica, igualitária e ambiciosa.

O nosso programa é fundado em dois pilares: um quadro económico, ecológico e sociopolítico equivalente a um “New Deal” verde e pan-europeu, e um compromisso de lançar desde as bases, das vilas e cidades europeias, um processo de mobilização que culminará numa Assembleia Constituinte que esboçará até 2025 a futura Constituição Democrática Europeia.

aqui o apelo escrito por Rui Tavares, Yanis Varoufakis, Benoît Hamon, Luigi de Magistris (presidente da Câmara de Nápoles| demA – Democrazia e Autonomia, Itália), Agnieszka Bak (Razem, Polónia), Rasmus Nordqvist (Alternativet, Dinamarca) e Lorenzo Marsili (Diem25.official)

Petição

Retribuição Horária Mínima Garantida

Assine aqui a Petição