18 maio: Conversas LIVREs – Europa Fortaleza, Porto

18 maio: Conversas LIVREs – Europa Fortaleza, Porto

Todos os sábados, até às eleições de dia 26 de maio, o LIVRE no Porto convida todos a falar sobre Europa e o nosso projeto europeu a partir das 15:00 no Café Vitória. Neste 18 de maio falamos sobre Acabar com a Europa Fortaleza (vê o capítulo 7. do nosso programa aqui).

Vem conversar connosco!

evento no facebook: https://www.facebook.com/events/370383573578117/?ti=cl

 

O LIVRE e os seus parceiros da Primavera Europeia lutam por uma Europa mais humana. Consideramos que as mortes no Mediterrâneo e as condições impostas a quem procura refúgio na Europa são inaceitáveis e representam pregos na credibilidade da Europa como um espaço de tolerância e Direitos Humanos.

Devemos unir-nos para formular um sistema pan-europeu que garanta corredores legais e seguros, respeite os direitos fundamentais dos refugiados e migrantes, apoie a sua integração na sociedade e lute contra as causas da migração involuntária desde a sua origem.

Em coerência com as respostas abaixo, relembramos que, no seu mandato como eurodeputado, entre 2009 e 2014, Rui Tavares foi autor de legislação para um programa conjunto de reinstalação de refugiados com apoio financeiro da UE.

 

Consulta todas as medidas no nosso programa:

1. Humanizar o Sistema Comum de Asilo, garantindo os direitos fundamentais dos recém-chegados.

2. Acabar com a Europa Fortaleza, a Europa deve acolher os recém-chegados – não afastá-los. É preciso criar canais seguros, legais e abertos para entrar na Europa.

3. Apoiar a Reunificação das Famílias, direito fundamental, benéfico não apenas para os migrantes mas para toda a sociedade.

4. Acabar com a Externalização das Fronteiras da UE

5. Operação Europeia de Busca e Salvamento, para acabar com as mortes no mar.

6. Descriminalizar a Solidariedade

7. Direitos Políticos para os Migrantes

8. Apoiar a Integração

9. Combater a Exploração dos Migrantes

10. Defender e Ampliar a Livre Circulação

O LIVRE depende exclusivamente dos donativos de apoiantes individuais.

Apoia-nos com o teu contributo:

CONTRIBUIR